O Ensino do Direito como instrumento de transformação social

//O Ensino do Direito como instrumento de transformação social
IMG-20170215-WA0063

Transformar a sociedade por meio da Educação em Direitos é o que propõe os membros do Projeto Falando Direito, que lançaram no último dia 14, o Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade – IEDF. A solenidade ocorreu na sede da Amagis-DF, no TJDFT

Terça-feira, dia 14 de fevereiro de 2017. Esta data promete compor mais um capítulo na história da Educação do Brasil. Nesta data, foi lançado o Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade – IEDF, na sede da Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF). O objetivo primordial do instituto é tornar o conhecimento em Direito acessível aos jovens de escolas públicas do Brasil, promovendo a cidadania, tornando-os conscientes de suas ações – de seus direitos e deveres -, promovendo a prevenção para desjudicialização, bem como os capacitando para o mercado de trabalho, vestibulares e concursos públicos. Na solenidade de lançamento, a diretoria do Instituto foi empossada. Compuseram a mesa: Sandra Taya, presidente; Rafael Tomaz Favetti, primeiro vice-presidente; Ana Luiza Moraes Barreto, segunda vice-presidente; Fábio Francisco Esteves, terceiro vice-presidente; Dr Reynado Soares da Fonseca, diretor acadêmico; Denise Margis, diretora de comunicação; Simone Florindo Costa, diretora de projetos e ações educacionais; Guilherme Enzo Taya Nakanishi, diretor de relações rúblicas; Alisson Rafael de Souza Lopes, secretário geral e .

A atuação do Instituto e o Projeto Falando Direito

Com o uso da internet, o Instituto pretende levar a Educação em Direitos para estudantes de todo o Brasil, por meio de uma plataforma online multidisciplinar, disponível no site do projeto (www.projetofalandodireito.com.br). O IEDF formaliza o trabalho já realizado pelo projeto Falando Direito – iniciativa com proposta de ensino inovadora em educação – que atende, no Distrito Federal, cerca de 150 alunos, do Ensino Médio, de escolas públicas, com aulas presenciais, às terças e quintas, no Fórum do Núcleo Bandeirante. Diversas disciplinas da área foram lecionadas ao longo do ano de 2016, por professores voluntários do projeto – juízes, defensores públicos, policiais, advogados, entre outros. Em dezembro, os alunos participaram de uma solenidade de Formatura, no STJ. O Projeto Falando Direito foi realizado durante todo o ano de 2016, sob a coordenação do juiz Fábio Esteves, atual presidente da Amagis-DF, e do defensor público do DF, Evenin Ávila. Em 2017, as aulas terão início no dia 16 de março de 2017.

Serviço: Lançamento do o Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade – IEDF

Data: 14 de fevereiro de 2016, terça-feira

Local: Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF), sede do TJDFT

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.